História

Em 1952, a empresa Pinto & Bentes, S.A., iniciou a sua actividade com a instalação de linhas eléctricas de BT e AT, em Portugal Continental e nas regiões Autónomas da Madeira e Açores.

No início da década de 60, a empresa já registava um crescimento significativo, tendo-se tornado o primeiro prestador de serviços a trabalhar em regime de empreitada contínua para a CRGE, em redes aéreas e em especial na rede de 60kV, o que denota o reconhecimento dos serviços até então prestados.

Nessa mesma altura, é de assinalar o inicio de um ciclo de execução de obras em África, nos países agora denominados PALOP’s e o alargamento da actividade da empresa, com a fabricação de estruturas metálicas galvanizadas para linhas de MT e AT e, posteriormente, também para subestações e outras instalações.

A empresa tem sido dimensionada e estruturada de acordo com as tendências do mercado, sendo orientada para a constante optimização dos processos produtivos e a diversificação dos serviços oferecidos. Essa orientação pode ser ilustrada pelo alargamento da gama de serviços que tem vindo a oferecer aos seus clientes, como:
- a electrificação ferroviária (1991);
- a realização de trabalhos em tensão (1993);
- a montagem integral de subestações (1997).
    
Em Maio de 2001, com a alteração da estrutura accionista, foi nomeada uma nova Administração, a qual introduziu novos métodos de trabalho e de gestão, visando tornar a Pinto & Bentes mais dinâmica, mais ambiciosa e mais competitiva.
    
Em Junho de 2001, a Pinto & Bentes obtém a certificação pela APCER, de acordo com as normas ISO 9002, o que representa o culminar de uma etapa, iniciada anos antes, e o início de uma nova era. A certificação aumenta a responsabilização da empresa perante os clientes internos e externos, por um lado, mas, por outro, proporciona o acesso a novas mercados e a novos clientes, permitindo encarar o futuro com optimismo.
    
Em Agosto de 2003, essa certificação viria a ser actualizada, passando a Pinto & Bentes a estar certificada pela NP EN ISO 9001:2000.
    
Assim, a qualidade assumiu na vivência da empresa um papel central, sendo uma aposta diária no esforço contínuo de melhoramento de todas as áreas de actividade da Pinto & Bentes. Consequentemente, em 2006, a empresa termina os processos conducentes à Certificação integrada da Qualidade, Segurança e Ambiente, o que resulta na obtenção da Certificação pelos referenciais normativos OHSAS 18001 (Segurança) e ISO 14001 (Ambiente).
    
Tendo sido definida a matriz estratégica da empresa – diversificação e satisfação global do cliente – a Pinto & Bentes dedica-se, hoje, a uma gama de actividades bastante alargadas:
    - Redes de Baixa e Media Tensão;
    - Linhas de Alta e Muito Alta Tensão;
    - Electrificação Ferroviária;
    - Trabalhos em Tensão;
    - Subestações;
    - Projecto;
    - Telecomunicações;
    - Instalações Eléctricas;
    - Gás;
    - Aguas e Saneamento;
    - Conservação e Melhoramento;
    - Fabricação de Estruturas Metálicas;
    - Manutenção,
o que permite oferecer a cada cliente, Publico ou Privado, Particular ou Institucional, uma gama alargada e complementar de serviços.
    
Continuando na senda da inovação e do crescimento, depois de, em 2004, ter sido criada a área de Energias Renováveis, em 2005 entra em funcionamento a Delegação Norte da Pinto & Bentes, S.A.
Ainda durante 2005, a Pinto & Bentes iniciou trabalhos na Irlanda com a construção de linhas de Media Tensão e de Alta Tensão.
Em 2006 abre mais uma delegação, a do Barreiro.

.